05/01/2018

CBERS-4 completa três anos em órbita com câmeras brasileiras MUX e WFI a bordo

Uma das mais importantes iniciativas pela capacitação e crescimento do mercado de alta tecnologia no país, o satélite sino-brasileiro CBERS-4 completou no dia 07/12/2017 três anos em órbita levando a bordo quatro câmeras, sendo duas delas brasileiras.

 

Uma das câmeras brasileiras é a MUX que foi inteiramente desenvolvida pela Opto Eletrônica S/A hoje Opto Space & Defense, pertencente ao Grupo Akaer. A Opto desenvolveu todo o projeto óptico, mecânico, estrutural, térmico, eletrônico, processamento de sinais e vídeo e realizou todos os testes de qualificação, bem como projetou e construiu todos seus instrumentos de testes. A MUX é destinada a diferentes aplicações, principalmente no controle de recursos hídricos e florestais.

 

A outra é a WFI, desenvolvida pelo Consórcio WFI, na época formado pela Opto Eletrônica e a Equatorial Sistemas S/A (hoje também pertencente ao Grupo Akaer). Projeto completo, montagem, integração e testes da eletrônica de processamento de sinais, projeto mecânico e térmico, montagem, integração e testes da câmera todos foram realizados no Brasil. A WFI é capaz de fazer rápidas revisitas a uma certa área – em geral em menos de cinco dias – e é ideal para atividades de monitoramento e vigilância.

 

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), responsável no Brasil pelo Programa CBERS (China-Brazil Earth Resources Satellite), já distribuiu gratuitamente, pela internet, aproximadamente 90 mil imagens deste que é o quinto satélite realizado em cooperação com a China.

 

As imagens beneficiam o sistema de gestão do território do próprio governo, a pesquisa nas universidades e o desenvolvimento das empresas privadas, que geram emprego e renda com tecnologia espacial.

 

Atualmente, o INPE realiza as atividades de integração e testes para o lançamento do CBERS-4A, que deve ocorrer até o final do primeiro semestre de 2019. O sexto satélite do Programa CBERS garantirá a continuidade do fornecimento de imagens para monitorar o meio ambiente, verificar desmatamentos, desastres naturais, a expansão da agricultura e das cidades, entre outras aplicações.

 

Saiba mais sobre o Programa CBERS: http://www.cbers.inpe.br/ e http://www.cbers.inpe.br/hotsite/

Mais sobre a Opto Space & Defense: http://www.optosd.com.br/

Mais sobre a Equatorial Sistemas: http://www.equatorialsistemas.com.br/

 

Copyright © 2015 Akaer ® - Todos os direitos reservados - Termos de uso